TI! Coaching e Mentoring: o que são e como podem lhe beneficiar

TI! Coaching e Mentoring: o que são e como podem lhe beneficiar
dezembro 24 08:13 2015 Imprimir Este artigo

Atualmente, ouvimos falar cada vez mais de processos que ajudam a empresa e os funcionários a crescerem. Empresas e pessoas investem tempo e dinheiro em profissionais que possam lhe auxiliar a ter um verdadeiro crescimento, com metas a alcançar e com objetivos bem definidos.

Esses profissionais contratados, auxiliam em toda a caminhada, com orientações e com práticas.

Mas, é muito comum que se confundam dois profissionais: o coach e o mentor. Existem diferenças significativas entre eles, que fazem toda a diferença na hora do treinamento. Por isso, vamos listar o que cada um profissional faz, mostrando as diferenças entre coaching e mentoring, de forma que, na hora de procurar um profissional especializado, você saiba qual deles melhor lhe atenderá e melhor ajudará você e a empresa a crescerem.

O que é coaching?

Talvez um dos programas de desenvolvimento pessoal e profissional mais falado na atualidade, o coaching vem figurando entre os programas mais procurados da atualidade.

O que é coaching? Coaching é um processo que tem como objetivo principal aumentar o nível de resultados de performance de pessoas, times e empresas, por meio do uso de técnicas, ferramentas e metodologias, numa parceria entre o cliente (o coachee) e o profissional habilitado (o coach).

Esses resultados são planejados, assim como a caminhada até o encontro dele. Para se conseguir êxito, é necessário que se tenha empenho, que nunca se perca o foco e que aconteçam ações realmente efetivas, garantindo, assim, o sucesso.

Existem alguns termos que devem ser conhecidos:

  • COACH – Profissional que exerce a profissão.
  • COACHING – O processo de desenvolvimento que o Coach
  • COACHES – Plural de Coach.
  • COACHEE – Indivíduo que passa pelo processo de Coaching.
  • CLIENTE– Sinônimo de

Funciona assim: o coach, através de técnicas poderosíssimas, e perguntas que instigam o coachee, auxilia seu cliente a sair do estado atual e alcançar o estado desejado. Para que se tenha sucesso com o treinamento, acontecem sessões periódicas, normalmente semanais, quinzenais ou mensais, dependendo da necessidade e da disponibilidade de ambos.

A cada encontro, o coach determina junto com o coachee diversas tarefas a serem cumpridas. Essas tarefas servem para que o coachee alcance o sucesso em sua caminhada dentro de um prazo que é pré-determinado por ambos.

 O coach não tem necessariamente experiência na área em que o cliente atua, e na verdade, nem necessita. Da mesma forma, o coach não dá conselhos ou soluções para problemas na carreira do cliente, pois essa não é sua função.

O coaching parte da premissa que o cliente possui todas as respostas, todas as soluções para todos os seus problemas e seus dilemas. O que ele precisa é de um profissional que lhe ajude a encontrar essas respostas, que lhe auxilie a entrar em um processo de autoconhecimento.

Para isso, o coach se utiliza de questionamentos que fazem com que o coachee reflita sobre sua vida, sua carreira e tenha consciência daquilo que ele é capaz. Assim, ele saberá onde necessita melhorar, terá seus valores bem definidos e, encontrará sua missão nessa vida.

Esse é o coaching, esse é o processo de autoconhecimento e de busca de metas e resultados que você participará.

O que é mentoring?

Diferente do coaching, mentoring é uma tutoria, é um treinamento, um auxílio que um profissional mais experiente e bem mais velho, oferece a um profissional mais novo, que esteja ingressando no mercado de trabalho, ou que esteja mudando de função e necessita de maior orientação.

O mentor auxilia o novo profissional em diversas áreas de atuação. Primeiro, ele auxilia em toda a parte profissional, garantindo que a pessoa tenha um real desenvolvimento em sua carreira. Isso se dá através de troca de experiência e compartilhamento de conhecimento entre ambos. O resultado é um profissional bem mais preparado.

Mas, o mentor também dá conselhos para a vida pessoal do jovem, auxiliando a tomar decisões que possam influenciar todo o restante de sua vida.

A tutoria pode acontecer dentro do ambiente de trabalho, assim como em outros espaços, como a casa do mentor ou um espaço aberto.

O número de mentores ainda é muito baixo, pois muitas empresas ainda não compreenderam a importância desse trabalho para seu desenvolvimento.

Diferente do coaching, no mentoring não existe um prazo definido para se alcançar os seus objetivos. Como se trata de um treinamento, a pessoa pode levar o tempo que necessitar. O coaching costuma ter um prazo de 3 a 6 meses para se realizar o treinamento, já o mentoring não define o tempo, pois aqui, entram todas as experiências de cada pessoa, visam a capacidade da pessoa que está sendo treinada, assim como suas necessidades.

O tempo será estendido até que o cliente obtenha todos os conhecimentos necessários sejam somados às suas experiências e, assim, sua carreira seja estruturada de acordo com a necessidade.

O mentor não será necessariamente um chefe ou um diretor. Pode ser uma pessoa que nem tenha ligação com a empresa. Aqui, o importante é que seja alguém com experiência.

Assim como o coaching, o mentoring visa retirar o cliente do estado atual e levá-lo a alcançar o estado desejado. Estabelece metas a serem alcançadas, mas, sem estipular tempo.

Como o coaching e o mentoring podem lhe ajudar?

Ambos os treinamentos são importantes e essenciais para qualquer profissional. Cada um deles tem sua peculiaridade, e visam objetivos diferentes.

O coaching vai lhe auxiliar a encontrar o caminho para seu sucesso pessoal, profissional, a alavancar sua carreira e encontrar o rumo, através de metas estabelecidas e de objetivos a serem cumpridos.

Já o mentoring lhe auxiliará na parte técnica, já que você aprenderá com um profissional mais experiente como fazer determinada tarefa.

Ambos os treinamentos lhe ajudarão a seguir em frente e a conquistar metas e objetivos, visando sempre você e o que você pode fazer para alcançar esse estado desejado.

Seja com sessões de coaching, ou com mentoring, verdade é que ambos os treinamentos são fundamentais para que você cresça e faça a empresa crescer. Não importa qual deles você vai escolher, importa que você escolha aquele que melhor lhe atenderá dentro de suas necessidades.

O principal, é que você contrate um profissional especializado, que possa lhe garantir o sucesso naquilo que você tanto deseja.

Abraços e sucesso sempre!

veja mais artigos

Sobre o Autor

Luiz Dias
Luiz Dias http://luizdias.com

Luiz Dias é Coach especialista na área de TI, empreendedor a 20 anos e CEO da Allanis Networks, Coautor do Livro Qualidades de um grande Líder e Manual do Crescimento, e vive sua paixão. Criou o Programa Líder Excepcional em TI,onde capacita profissionais de TI a terem sucesso pessoal e profissional como Líder. É palestrante, especializado em liderança, Carreira, mudança de comportamento e empreendedorismo.

Ver Mais Artigos
  1. Katia Vega Kestenberg
    janeiro 05, 09:38 #1 Katia Vega Kestenberg

    Muito bom Luiz, seu esclarecimento. Eu mentoro novos Coaches há algum tempo e vejo poucas informações sobre essa atividade. Eu pude perceber como é importante que mesmo um Coach experiente possa contar com esse trabalho de tempos em tempos para continuar crescendo e se desenvolvendo.

    Reply to this comment
  2. Luiz Dias
    janeiro 05, 12:51 #2 Luiz Dias Autor

    Oi Katia é muito importante o Coach mesmo que experiente tenha uma mentoria pelo menos a cada dois anos para abrir novos horizontes ou trocar experiências com outros Coaches mais experientes que vão lhe agregar conhecimentos.
    Obrigado pelo seu comentário.
    Forte Abraço e muito sucesso!

    Reply to this comment

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta