Você está preparado para mudar?

Você está preparado para mudar?
novembro 01 10:12 2015 Imprimir Este artigo

Muito se ouve falar em mudança mas pouco se faz para efetivamente mudar. Provavelmente porque mudar não é uma coisa fácil de se fazer. Para mudar temos que refletir sobre nossos hábitos, crenças e principalmente onde queremos chegar. Segundo o dicionário, mudar é remover, pôr em outro lugar. Ou seja, você não precisa se livrar de “coisas” para mudar. Você, as vezes, pode apenas mudá-las de lugar.

Lapsos de impulsividade, situações de pressão, ambientes muito competitivos e a própria cultura que temos atualmente facilmente nos direcionam para mudar o tempo todo, rápido e sem pensar. Seguimos agindo de forma inconsciente. Alheios às nossas próprias atitudes. A questão é: Será que fazendo isso você não está tomando decisões que não são coerentes com o seu objetivo e consequentemente se distanciando dele?

Quando falamos de mudança, principalmente de mudanças mais profundas, radicais ou uma decisão que possa mudar a sua vida e a de outras pessoas, é importante dedicar um pouco mais de atenção. É importante olhar pra dentro de você mesmo. Pensar conscientemente sobre as coisas nas quais acredita, nas suas crenças.

Quando refletimos sobre o que mudar, geralmente esbarramos em uma crença limitante. Essas crenças se baseiam em coisas que aprendemos ao longo da vida, e esse aprendizado sempre está associado com outras coisas, que provavelmente têm outras crenças envolvidas. E assim você vai puxando o fio até chegar na crença principal para poder mudar. Esse processo pode ser doloroso e dependendo do que for envolvido a ajuda de um psicólogo pode ser necessária. Mas na maioria dos casos, para mudanças menores, um Coach já ajuda bastante.

Não é sempre que precisamos mudar radicalmente. Fazer pequenas mudanças de atitude, pensamento e direcionamento em algumas situações/áreas chave já faz muita diferença. O problema é que estamos tão automatizados e acostumados com o que vivemos, vemos e fazemos, que é mais fácil continuar como estamos. Mas até que ponto isso te beneficia? O quanto isso está contribuindo para o seu sonho?

Uma vez me disseram assim: Primeiro, coloca os pés na água. Depois, mergulha de cabeça. E eu digo, faça as mudanças aos poucos, com planejamento e muita reflexão, mas não deixe de por os pés na água. A sensação que o início da mudança traz na vida de uma pessoa é mágico. A emoção de saber que é possível ser mais, fazer mais é muito motivante. Não desista do seu sonho. Pode doer, pode demorar, mas com dedicação, foco e ação é possível chegar lá.

veja mais artigos

Sobre o Autor

Tatiana Mota
Tatiana Mota http://tatianamotacoach.wix.com/horuscoaching

Tatiana é uma profissional com mais de 10 anos de experiência no mundo empresarial. Coach desde 2011, foca seu atendimento em Coaching de Performance.

Ver Mais Artigos

Seja o primeiro a comentar. Vamos adorar!

Você pode ser o primeiro a escrever um comentário .

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta