A chave do sucesso no empreendedorismo em TI está aqui: saiba como desenvolver todo o potencial e converter-se em expert no assunto

by Luiz Dias | 15/12/2016 13:24

O ramo da Tecnologia de Informação, conhecido como TI, é uma das áreas mais promissoras da atualidade. Isso porque, assim como os meios de comunicação, a tecnologia vem ganhando cada vez mais espaço e importância. O mundo moderno é movido pelo novo e pelo prático. Por esses e outros motivos, o empreendedorismo em TI pode ser uma ótima alternativa para os profissionais que estão dispostos a se dedicar com verdadeira paixão ao trabalho.

Atualmente, muitos profissionais de TI não se sentem satisfeitos com cargos de subordinação em uma única empresa, o que os levam a investir na própria carreira e começar seu próprio negócio de maneira mais independente. Esses fatores acabaram dando forças ao empreendedorismo em TI.

O empreendedorismo, de maneira geral, é como uma aventura. E embora muitos se sintam inseguros e tenham medo de se arriscar, ninguém nasce com o “dom” de realizar empreendimentos bem-sucedidos: tudo é uma questão de estudo e muita força de vontade de aprender e experimentar. A ideia lhe parece interessante? Então, continue conosco!

Escolhendo uma área de atuação

De maneira geral, o empreendedorismo em TI pode seguir por quatro caminhos diferentes. Confira:

  1. Startup: embora represente um ambiente de incerteza, investir em uma startup pode ser altamente lucrativo, rentável e o melhor de tudo: com custos baixíssimos. Definidas por trabalhos onde possam ser criadas e desenvolvidas soluções ou aplicações replicáveis (que podem ser vendidas várias vezes, sem a necessidade de adaptações significativas), esse modelo de investimento se popularizou com a chegada da internet. No empreendedorismo em TI, a startup representa oportunidades de trabalhar com ideias inovadoras e criativas, o que pode ser um grande desafio – mas é uma das principais apostas dos profissionais da área.
  2. Autônomo: profissionais com alto grau de conhecimento podem ser requisitados por diferentes empresas como consultores, o que pode resultar em uma “carreira solo” e autossuficiente. Esse tipo de empreendedorismo em TI exige muito estudo e um nível avançado de especialização. As principais funções solicitadas são a criação e o planejamento de sistemas integrados de gestão, envolvendo diferentes áreas como contabilidade, recursos humanos, marketing, softwares para tomadas de decisões e muito mais.
  3. Empreendedor corporativo: empreender alocado a uma empresa ou corporação pode ser uma rota bastante atrativa para os profissionais de TI. Nesse caso, a função do profissional será auxiliar a empresa com ideias estratégicas para que ela possa evoluir, tanto interna como externamente. Para prestar consultoria com excelência, é necessário conhecer diversos setores tecnológicos e contribuir com alternativas que promovam a agilidade dos processos e reduza custos. Equilibrando conhecimentos de Big Data com arquitetura de soluções e segurança, esse empreendedor precisa estar em constante aprendizado.
  4. Montar uma empresa: talvez a alternativa mais desafiadora do empreendedorismo em TI, montar uma empresa exigirá plano de negócios, investimento inicial e outros procedimentos. O foco da empresa poderá ser terceirização de equipes forenses, tratamento de dados não estruturados, softwares de segurança, arquitetura de soluções, capacitação especializada, dentre outras possibilidades. O mais indicado é reunir um grupo de profissionais especializados em diferentes áreas de TI e que possam somar suas habilidades para oferecer serviços completos ao público.

Pré-requisitos de um bom empreendedor

Como já mencionado anteriormente, ninguém nasce sabendo como empreender, muito menos em uma área tão complexa como o empreendedorismo em TI. Contudo, existem alguns pré-requisitos básicos para que você possa se tornar um bom empreendedor:

Identificou-se com todas essas características? Ótimo!

Não se encaixa no perfil? Então, a grande questão é: você estaria disposto a mudar alguns aspectos do seu caráter pela sua carreira? Pode ser um grande desafio… Mas confira, a seguir, algumas das vantagens ao se tornar um empreendedor em TI pode trazer.

Motivos para ser um empreendedor em TI

Como se tornar um expert em Tecnologia da Informação

Não existe nenhuma fórmula mágica que transforme um estudante ou curioso em um especialista da noite para o dia. Contudo, existem algumas dicas simples que, colocadas em prática, podem transformar qualquer carreira.

Fazer bons cursos e se dedicar aos estudos é fundamental. Manter-se sempre atualizado e disposto a aprender também são características indispensáveis para um empreendedorismo de TI de sucesso. Leia, pergunte, aprenda. Confie em sua própria capacidade e habilidades. E, caso queira saber mais sobre empreendedorismo e outros assuntos relacionados, continue acompanhando nossas postagens. Nossa missão é mantê-lo informado!12

Source: Coach Luiz Dias

Source URL: http://socialcoach.com.br/coaching-de-lideranca/chave-do-sucesso-no-empreendedorismo-em-ti-esta-aqui-saiba-como-desenvolver-todo-o-potencial-e-converter-se-em-expert-no-assunto/