O que é coaching? Está na Bíblia?

O que é coaching? Está na Bíblia?
janeiro 23 12:51 2016 Imprimir Este artigo

O que é coaching? Está na Bíblia?

Estas questões nos são apresentadas quase que diariamente por sermos Másters trainer em Coaching Cristão.
E entendemos perfeitamente, somos cristãos, professores de teologia, há anos e nunca ouvimos falar dessa metodologia no âmbito cristão.
Em nossa formação explorando as origens e aplicações do caching, não tinhamos uma perspectiva cristã e sim profissional, acreditavamos que cristão não podia usar esta metodologia rotulada por alguns de humanista e isso estava muito forte nos nossos conceitos. Durante o treinamento concluimos que coaching é um processo de desenvolvimento humano, uma metodologia que ajuda pessoas a sairem do seu estado atual e leva-os ao estado desejado de forma efetiva e acelerada.

Essas técnicas e ferramentas são usadas para ajudar a atingir o potencial maximo e alcançar metas, objetivos e realizar seus sonhos pessoais e profissionais de forma assertiva em um curto espaço de tempo.
Descobrimos também que já atuavamos como coachs em nosso ministério eclesiástico, mas não tinhamos noção disso.
Então nossas crenças limitantes em relação ao coaching e o cristão se tornaram crenças fortalecedoras.
Na Bíblia não vamos encontrar o termo “coaching”, não há título, ou algum relato de ministério denominado coaching.

Podemos, no entanto, encontrar a metodologia em princípios e práticas bíblicas. Segundo a versão da Bíblia King James atualizada no livro de provérbios 20:5 diz: “Como águas profundas são os propósitos do coração humano; todavia, quem tem discernimento sabe como trazê-los à tona”. Esta é a essência do coaching cristão, uma metodologia transformacional, um processo de desenvolvimento humano, a arte de capacitar pessoas para discernir e encontrar no seu interior a melhor versão de si mesma, suas respostas e explorar suas capacidades.
O coaching extrai as habilidades que Deus colocou no ser humano, e as potencializa num processo de transformação, direcionando comportamentos e apoiando mudanças.

Hebreus 12:11,12,13 “Toda correção, de fato, no momento em que ocorre não nos parece ser motivo de contentamento, mas de frustração; mais tarde, no entanto, produz fruto de justiça e paz para todos aqueles que por ela foram disciplinados. No verso 12, e 13 diz: “Sendo assim, fortalecei as mãos enfraquecidas e os joelhos vacilantes. Preparai caminhos retos para os vossos pés”, para que aquele que manca não se desvie, pelo contrário, seja curado!
Essa metodologia incentiva e motiva a pessoa a ter uma atitude positiva, disciplina, não desistir dos objetivos, ter comprometimento, foco, desenvolver o autoconhecimento, reconhecer seus pontos fracos e se fortalecer para chegar ao lugar desejado através de perguntas eficazes:

Quem é você?
O que você quer?
Aonde quer chegar?
O que quer conquistar?
Como vai conseguir?
O que precisar ser mudado?
Quais suas crenças e valores?
Suas vontades tem congruência com a vontade de Deus?
Quais momentos positivos e negativos da vida que moldaram você?
Qual é o seu dom natural?
Você crer que foi chamado para fazer o quê?

Como você se vê daqui a cinco, dez, quinze anos?
No ministério de Jesus foi evidenciada a arte de perguntar, então podemos ter Jesus como modelo de coach? Em um trecho do livro de Laurie Beth Jones “ Jesus Coach” nos da exemplos de Jesus atuando como um coach: “Quando Jesus, seu Coach pessoal, olhar para você, fará a seguinte pergunta: “O que queres que eu te faça”“?” Foi à pergunta que fez em diversas ocasiões em seu ministério: ao soldado romano, preocupado com a saúde abalada de seu ajudante preferido, ou à mulher que sofria de hemorragia havia doze anos. “O que queres que eu te faça?” Jesus está lhe pedindo para que esclareça qual é o seu foco agora. Todo o poder está aqui. Toda a boa vontade está aqui. Toda a intenção está bem aqui. Você decide quem deseja ser e o que deseja conquistar neste mundo.
Enfim, o importante neste processo é alinhar nossos propósitos com os propósitos de Deus para nossa vida. Não somos autossuficientes, o diferencial do coaching cristão é que nosso trabalho é fortalecido com as premissas da Fé cristã, os ensinamentos bíblicos e a perfeita vontade de Deus. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que façamos. ” Efésios 2.10.

12313971_734025546704067_2391069638242273075_n

Silvana Diman
Coaching life & Executive Master Coach Cristão / Trainer ICC-Internation Christian Coaching.

10872558_1567672650141214_990903205_n

Edson Lima
Palestrante, coach, escritor, e consultor de empresas

  Tags desta publicação:
  Categorias:
veja mais artigos

Sobre o Autor

Edson Lima
Edson Lima http://www.bancodepersonalidades.com.br

Palestrante, coach, consultor de empresas, e escritor.

Ver Mais Artigos
  1. Jurandir Barbosa
    fevereiro 16, 14:28 #1 Jurandir Barbosa

    Gostei muito do artigo, É bom quando descobrimos uma ferramenta tão poderosa como o coaching, já tinhamos uma prática de muitas delas mais ainda não sabíamos como usá-las com mais eficácia

    Reply to this comment

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta