Vamos trocar nossos problemas?

Vamos trocar nossos problemas?
dezembro 10 09:39 2015 Imprimir Este artigo

Olá, pessoal! Me respondam uma coisa: você é do tipo que só se queixa, só se lamenta, acorda de manhã já reclamando do dia, da noite mal dormida, reclama do emprego chato e longe? Quero te fazer uma proposta: que tal procurar enxergar as coisas de outro ângulo? Olhe à sua volta e veja as pessoas que estão próximas a você. Será que elas não têm problemas? Será que são privilegiadas por terem um carro bacana, uma roupa de marca ou o último modelo de celular? Será que isso as tornam felizes? Será que isso é o suficiente para que sejam (ou se sintam) felizes?
Detesto te decepcionar, mas saiba que elas também têm problemas. Aliás, quero propor outra coisa: escolha uma pessoa e sugira trocar os seus problemas pelos dela. Infelizmente isso não é possível. Mas se fosse, você faria? Hummm, acho que não, né?

Basta uma simples olhada e você perceberá pessoas com muito mais problemas que você. Se todos nós pudéssemos empilhar nossos problemas, quando você visse a pilha dos outros, iria querer pegar a sua de volta. Aliás, a partir de hoje, tire a palavra “problema” do seu vocabulário. No lugar dela, coloque “desafio”. Você verá que é muito mais fácil resolver. A partir do momento que você “coloca” um problema na sua vida, você mesmo dá um jeito de sabotar sua resolução inventando um monte de dificuldades. Ao substituir esse problema por desafio, automaticamente, seu cérebro trabalha para que você consiga superá-lo.

Dificuldades sempre aparecerão em nossa vida. Procure encarar. Tenha calma na hora de tomar qualquer decisão. Como disse o Papa Francisco, “Não devemos nos desesperar. Procure uma maneira de superar essa dificuldade. Se não for possível superá-la, tente uma maneira de suportá-la, até que surja a oportunidade de superá-la”.
Independente da sua religião ou crença, a verdade é que todos nós devemos acreditar que acima de nós existe uma força, que nos sustenta e nos conduz sempre para o caminho do bem. Somos dotados do livre arbítrio, quer dizer, temos o poder de decidir o que queremos pra nossa vida. Se escolhermos o caminho do bem, com certeza colheremos o bem. Se escolhermos o caminho do mal, as consequências serão desastrosas. Você não é obrigado a plantar nada, mas é obrigado a colher o que plantou. Como nossa vida é feita de escolhas, somos responsáveis pelas consequências dessas escolhas. Por isso, antes de reclamar de alguma coisa, pense, reflita sobre o que fez com que você chegasse até esse momento. O que você fez ontem que está refletindo hoje? Da mesma forma, como você quer que seja o seu amanhã? Planeje hoje. O amanhã é consequência do hoje, é reflexo do que você faz hoje, afinal, “a melhor maneira de prever o futuro é cria-lo” (Peter Drucker).

Para quem não conhece, uma excelente forma de se conhecer e ajudar a planejar o futuro é uma ferramenta chamada Matriz SWOT, que são as iniciais de Strenghts (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças).
Nessa ferramenta, a pessoa conhece (ou descobre) seus pontos fortes, seus pontos fracos, as oportunidades e as ameaças que a vida lhe oferece. Com esse conhecimento nas mãos, fica muito mais fácil definir o caminho a seguir, pois cria atalhos evitando barreiras que muitas vezes atrasam o processo de crescimento.
Entre outras, essa é uma ferramenta muito poderosa, aplicada durante o processo de Coaching.
Portanto, comece a prever seu futuro agora. Comece a criar seu futuro agora. Acredite na sua capacidade, tenha um futuro brilhante e pare de se queixar e culpar a vida e outras pessoas por causa dos seus problemas, quer dizer, desafios.

Lembre-se: estou à disposição para quaisquer dúvidas. É só entrar em contato comigo através do e-mail [email protected] Agende uma sessão gratuita para você conhecer essa metodologia e assuma o controle de sua vida a partir de hoje.
Aproveite e deixe seu comentário aí embaixo sobre o que você achou desse artigo. É muito importante saber a sua opinião.

Um abraço e até a próxima.

  Categorias:
veja mais artigos

Sobre o Autor

Julio Torres
Julio Torres http://www.tempoinstituto.com.br

Coach formado pela Academia Brasileira de Coaching (Abracoaching), com certificação internacional pelo BCI - Behavioral Coaching Institute, especialista em Relações Humanas e Comunicação Eficaz pelo Dale Carnegie Training Institute, coautor do livro "Coaching Aceleração de Resultados" pela editora Ser Mais e fundador e diretor do Instituto Tempo.

Ver Mais Artigos

Seja o primeiro a comentar. Vamos adorar!

Você pode ser o primeiro a escrever um comentário .

Adicionar um comentário

Deixe uma resposta